Programação

Minicursos

Minicurso 1 – Geoturismo: discussão e práticas, com a participação do Prof. Ross Dowling, Austrália.

Minicurso 2 – Oficina de drones e aplicações para Geoconservação.

Os minicursos ocorrerão nos dias 20 e 21/08, incluindo aulas teóricas e práticas. Os minicursos tem o custo de R$ 50,00. Para participar dos minicursos é preciso estar inscrito no simpósio. A inscrição nos minicursos é feita mediante preenchimento do formulário abaixo, pagamento da taxa de R$ 50,00 e envio do comprovante para: visbpgfinanceiro@gmail.com.

PIX CNPJ: 26.510.246/0001-05

DEPÓSITO BANCÁRIO
AGeoBR – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO PATRIMÔNIO GEOLÓGICO E MINEIRO
CNPJ: 26.510.246/0001-05
Banco do Brasil –001
AGÊNCIA: 0251- 8
CONTA: 16282-5

Prazo para inscrição no minicurso: 01 de agosto de 2022.

Minicurso 1: Geoturismo - discussão e práticas

Módulo 1 - Aspectos teóricos do geoturismo - Dia 20/08, de 10h00 às 21h00

Sábado 10:00 – 12:00 | Brasília Time (BRT) (GMT-3)

Palestra
Selling the Planet: communication techniques for Geotourism (online)
IanStewart
Iain Stewart, Reino Unido/Jordânia

Iain Stewart é o Diretor de Pesquisa El Hassan bin Talal em Sustentabilidade na Royal Scientific Society (Amman, Jordânia), Professor Visitante no Centro de Mudanças Climáticas e Sustentabilidade (3CS) na Universidade Ashoka, Índia e Professor de Comunicação em Geociências na Universidade de Plymouth. Seus interesses de pesquisa são riscos naturais, geociências sustentáveis e comunicação de ciências da terra. É o responsável por vários programas de geociências na BBC e Premiado com um MBE por seus serviços à educação em geografia e geologia, ele atualmente ocupa uma Cátedra da UNESCO em Geociências e Sociedade e em 2020-21 foi o Líder de Comunicações e Cátedra de Evidências da Assembleia Climática Escocesa. Em 2018, ele ganhou a Medalha do Presidente da Geological Society of America.

Sábado 15:00 – 17:00 | Brasília Time (BRT) (GMT-3)

Workshop
Geoturismo nos UGGp e AUGGp brasileiros (presencial)
EduardoGuimaraes
Eduardo da Silva Guimarães (Geopark Araripe)

Eduardo Guimarães é natural de Santos/SP e radicado a 11 anos no Cariri Cearense, é Doutorando em Ciências do Desporto na Cátedra UNESCO em Geoparques Desenvolvimento Regional Sustentável e Estilo de Vida Saudável pela Universidade de Trás os Montes e Alto Douro (UTAD) / Portugal. Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Católica de Santos (UNISANTOS) e Graduado em Educação Física pela Faculdade de Educação Física de Santos (FEFIS). Pesquisador em Ciências da Terra, Ciências do Esporte, Exercício Verde e Saúde Ecossistêmica. Nadador Ultramaratonista, pai, marido e cozinheiro dos bons.

SilasSamuel
Silas Samuel dos Santos Costa (Geoparque Seridó)

Silas Samuel é técnico em Mineração pelo Instituto Federal do Rio Grande do Norte, e Bacharelando em Geologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sendo estagiário do Museu de Minérios do RN, pesquisador voluntário e extensionista, direcionando sua atuação para os 5Gs, Geomorfológico e Sustentabilidade na Mineração. Atualmente é Coordenador de Marketing e Geocientista do Geoparque Seridó.

BethRocha
Maria Elizabeth da Rocha (Geoparque Cânions do Sul)

Beth Rocha possui graduação em Geologia pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (1986). Atualmente é Geólogo da Prefeitura Municipal de Torres. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geologia.

Sábado 18:00 – 21:00 | Brasília Time (BRT) (GMT-3)

Aulas
Aspectos teóricos do geoturismo (online)

O horário do curso é para ajustar o fuso horário Austrália-Brasil (+11 h). Após a parte teórica, abriremos espaço para discussões e questionamentos juntamente com o prof. Ross Dowling.

RossDowling
Ross K. Dowling, Austrália

Ross Dowling é geólogo e Doutor em Ciências Ambientais. É professor de Turismo na School of Business & Law, Edith Cowan University, Western Australia. O professor Dowling realiza pesquisas nas áreas de geoturismo, ecoturismo e turismo de navios de cruzeiro. Em 2011, ele foi premiado com a Medalha da Ordem da Austrália por suas contribuições para a educação e desenvolvimento do turismo. Ele tem um profundo interesse no desenvolvimento de Geoturismo e Geoparques e é um defensor apaixonado do estabelecimento de Geoparques Globais da UNESCO na Austrália.

Módulo 2 – Atividade de campo no Centro Velho de São Paulo - Dia 21/08, de 10h00 às 16h00

Domingo 10:00 – 16:00 | Brasília Time (BRT) (GMT-3)

São Paulo, a maior cidade brasileira, abriga monumentos e edifícios confeccionados em pedra. Visitar o Centro Velho é conhecer a história dessa metrópole que até o começo do século XX era apenas um pequeno núcleo urbano. A riqueza trazida pelo café, principal produto de exportação brasileiro entre os séculos XIX e XX, ajudou a transformar a capital paulistana em uma cidade moderna e desenvolvida.

Muitas pedras utilizadas foram importadas, principalmente da Itália e de Portugal, e muitas são brasileiras, particularmente do próprio estado de São Paulo, conferindo uma grande diversidade pétrea em suas edificações.

  • Número máximo de participantes: 40
  • Valor: R$ 50,00

Minicurso 2: Oficina de Drones e Aplicações em Geoconservação

20 de agosto: Drone: Solução viável para qualquer aplicação em sensoriamento remoto? Teoria e prática.
21 de agosto: Aplicações desta tecnologia na Geoconservação.

Prazo para inscrição: 01 de agosto de 2022

Público-alvo: Todos os participantes do simpósio são bem-vindos a participar desta oficina. Não há pré-requisitos.

Objetivos:

  • Apresentar o uso da tecnologia de drones e as condições que devem ser observadas para o manejo dessas plataformas nas diferentes atividades em que ela pode atuar.
  • Mostrar os cuidados e a preparação do drone, sua decolagem e retorno ao ponto de partida.  Durante o voo serão coletadas imagens do terreno.
  • Mostrar os diversos tipos de aplicações na Geoconservação, desde a salvaguarda de afloramentos até a divulgação científica

Tópicos abordados:

  • Histórico e tecnologia no momento atual.
  • Uso da tecnologia de drones
  • Tipos de Drones: características técnicas, preços e limitações de uso.
  • Aspectos legais para regularização e operação dessas aeronaves e atividades em que eles podem ser usados:
    • Aerolevantamentos do nosso território
    • Mapeamento e meio ambiente.
    • Voos de reconhecimento
    • Monitoramento/fiscalização
    • Esporte e reportagens
    • Outras aplicações
  • Logística necessária para operação, os cuidados envolvidos e a legislação vigente para operação dessas plataformas.
  • Escolha do tipo de drone que melhor se ajusta a necessidade desejada?

Instrutores:

  • Paulo Gurgel
  • Claudia Cristina do Santos
  • Sidnei João Siqueira Sant’Anna
  • Carlos Mazoca